Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > A hora da Inteligência de Embalagem



A hora da Inteligência de Embalagem

22/07/2020 - Quarta-Feira
Compartilhe:
A embalagem existe para atender as necessidades e anseios da sociedade e para ajudar as empresas a se comunicarem melhor com seus consumidores

Por Fábio Mestriner*

Vivemos dias estranhos. O andamento natural da vida, o progresso e o desenvolvimento da humanidade foram repentinamente sequestrados por um vírus que escapou da China. Uma onda de perplexidade, seguida de histeria no noticiário, instalou a dúvida entre as pessoas que já não sabem mais em quem e no que acreditar. Há dúvidas de todos os tipos e para todos os gostos. Neste momento delicado, precisamos estar atentos para não correr o risco de embarcar em narrativas alarmistas, tendenciosas e sem fundamento algum, mas que são sempre apresentadas com pompa por autoridades, especialistas e instituições de prestígio, todos tentando emplacar sua versão sobre o que está acontecendo.

Nós, do setor de embalagem, estamos preocupados com a continuidade da vida e dos negócios, pois sabemos que a embalagem existe para atender as necessidades e os anseios da sociedade. A história nos ensinou que ela tem estado na linha de frente quando surgem problemas graves como guerras, catástrofes e epidemias. Portanto, antes de ir atrás do noticiário e das análises e previsões de todo tipo que vêm sendo disseminadas, vamos colocar o foco do nosso olhar naquilo que conhecemos com mais segurança.

Sabemos que, no mundo pós-pandemia, as pessoas continuarão escovando os dentes, lavando as mãos, tomando café da manhã, almoçando, jantando, bebendo, tomando medicamentos, cuidando de sua higiene pessoal, limpando suas casas, cuidando de seus animais de estimação e de seus filhos, indo a shopping centers e restaurantes, comprando pela internet. Sabemos que a embalagem vai continuar existindo e que muitas delas se tornarão ainda mais relevantes no novo cenário e em nossas vidas.

Agora é a hora da Inteligência de Embalagem, pois, se existe algo que já sabemos é que a embalagem representa um valor importante na composição do custo do produto. Ela é um investimento que o fabricante faz para protegê-lo e torná-lo mais atraente aos consumidores, permitindo que ele chegue em perfeitas condições nos mais distantes pontos do país e até de outros continentes.

E esse custo não pode mais servir apenas para carregar o produto! A embalagem precisa cada vez mais ajudar o negócio da empresa. A função de contribuir com o negócio ganha especial relevância depois desta tragédia que se abateu sobre a humanidade, e por isso a inteligência passa a ser um item de extrema importância em tudo o que formos fazer.

Não é mais possível tratar de qualquer maneira algo estratégico como a embalagem, um item que, comprovadamente, tem impacto no desempenho do produto e, consequentemente, do negócio. Utilizar a embalagem de forma inteligente requer que a empresa se aproprie de todos os recursos por ela oferecidos, ou seja, ir além de utilizá-la apenas como um meio para fazer a entrega do produto ao consumidor.

Como poderosa ferramenta de marketing, a embalagem precisa trazer informações, comunicações que construam relacionamentos, fortaleçam a marca e estimulem a recompra. Os cartuchos de papelcartão, por exemplo, possuem seis lados para receber a impressão de informações. Esses painéis podem conectar o consumidor ao site e às redes sociais da empresa, convidando-o a interagir e saber mais sobre o que está comprando, a participar de promoções, obter descontos nas próximas compras e assim por diante. Existe ainda um programa completo de ações que podem ser desenvolvidas a custo zero, tendo a embalagem como suporte, pois o custo dela já foi pago ao ser adquirida pela empresa.

Não importa o que vai acontecer, existe algo que podemos fazer agora com nossos próprios recursos e que depende apenas de nós mesmos. Podemos utilizar as embalagens de forma mais inteligente e explorar todos os recursos que ela nos oferece para tornar os produtos mais interessantes e efetivos na conquista da preferência das pessoas. A grande oportunidade que este momento dramático nos oferece é a de rever nossos conceitos e olhar com mais atenção para aquilo que está próximo: aqueles que se dedicam a aprimorar sua atenção conquistam o que está distante!

*Fábio Mestriner é consultor da Ibema Papelcartão. Designer, professor do curso de pós-graduação em Engenharia de Embalagem do IMT Mauá e autor dos livros Design de Embalagem – Curso Avançado, Gestão Estratégica de Embalagem e Inovação na Embalagem – Método Prático.

Fonte: Smartcom Comunicação





Compartilhe:




Comente