Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Nova feira para os setores de alimentos, bebidas e embalagens



Nova feira para os setores de alimentos, bebidas e embalagens

11/03/2019 - Segunda-Feira
Compartilhe:
A INTECHTRA, que será realizada de 29 de setembro a 2 de outubro de 2020, visa trazer soluções e tecnologias inovadoras para transformar o futuro das indústrias de alimentos, bebidas e embalagens da América do Sul

Para atender pedido dos fabricantes da Câmara Setorial de Máquinas para a Indústria Alimentícia, Farmacêutica e Refrigeração Industrial (CSMIAFRI), a Messe München, em parceria com a ABIMAQ, lançou a Innovative Technologies & Solutions for the Beverage, Food and Packaging (INTECHTRA), em evento realizado, no dia 21 de fevereiro, no São Paulo Expo, em São Paulo.

“Nós entendemos que a feira será um sucesso, estamos confiantes na realização do evento pela Messe München, promotora escolhida pelas empresas da CSMIAFRI”, avaliou João Carlos Marchesan, presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ.

Marchesan ressaltou a experiência da entidade na realização de feiras. “Nós realizamos a EXPOMAFE, FEIMEC, PLÁSTICO BRASIL e a Agrishow a fim de fornecermos sustentação para nossas associadas. Acreditamos que a Messe Münchem, em conjunto com a ABIMAQ, fará com que continuaremos atendendo as necessidades dos associados”.

Ricardo Cilento, vice-presidente da CSMIAFRI, agradeceu o apoio da presidência da ABIMAQ, da comissão responsável para definição do evento e as 65 empresas do segmento que apoiaram o projeto. “Teremos muitos desafios para realizar uma feira internacional. Mas vamos trabalhar junto com a Messe München para que INTECHTRA seja realizada para os fabricantes de máquinas mostrarem suas novas tecnologias”.

Judenor Marchioro, vice-presidente da CSMIAFRI, explica que a ideia de fazer o evento surgiu a partir da insatisfação com as feiras do setor realizadas no Brasil. “O meu objetivo quando comecei a trabalhar nesse projeto na câmara foi de realizar um evento internacional a cada dois anos e que nós pudéssemos receber visitantes qualificados nacionais e internacionais”.

Para Marchioro, é importante que todos os envolvidos façam da INTECHTRA uma referência no segmento. “Eu convido os futuros expositores para estabelecermos um compromisso para que setembro de 2020 seja um marco na exposição dos nossos produtos ao mundo e não para um pequeno público, como está acontecendo hoje nas feiras especificas do setor no Brasil. Nós queremos o comprador, o executivo e os visitantes internacionais de volta”.

Otimismo

Para João Marchesan, a feira surge no momento certo. “O cenário do Brasil hoje é de confiança na retomada do crescimento. O empresariado está recuperando a confiança e as condições de investir. Temos certeza de que a INTECHTRA será um sucesso”.

Na América do Sul, a expectativa é positiva. A previsão é de que as receitas no mercado sul-americano de alimentos e bebidas cresçam a uma taxa média anual de 9% até 2023, quando alcançarão um valor de mercado de US$ 622 milhões. “A evolução trará oportunidades para os fornecedores de soluções para processamento, automação e acondicionamento de produtos. As indústrias estão prontas para iniciar um novo ciclo de investimentos em máquinas e atualização de seus parques”, frisou Petra Westphal, diretora de feiras da Messe München.

INTECHTRA

A Innovative Technologies & Solutions for the Beverage, Food and Packaging (INTECHTRA), que acontecerá a cada dois anos no São Paulo Expo, em São Paulo, reunirá expositores nacionais e internacionais dos setores de tecnologias para envase e embalagem, processamento de alimentos e bebidas, automação, matérias-primas, ingredientes, componentes e soluções logísticas.

Para a primeira edição da INTECHTRA, que será realizada de 29 de setembro a 2 de outubro de 2020, os organizadores esperam que apresente uma área de exposição de 30 mil metros quadrados e receba 20 mil visitas, de 20 países. A meta é de que a quinta edição, em 2028, tenha 54 mil metros quadrados e registre 36 mil visitantes, de 40 países, com isso possa tornar-se feira líder no segmento na América do Sul. “Acreditamos sinceramente nesse potencial. São números factíveis. Entregaremos esses resultados”, garantiu Augusto Andrade, diretor de feiras da Messe München do Brasil.

Na estreia da feira está sendo planejada conferências técnicas, rodadas de negócios, eventos de relacionamento, visitas técnicas guiadas e vitrine de lançamentos de máquinas, componentes e soluções.

Fonte: Vervi Assessoria de Imprensa





Compartilhe:




Comente