Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Você sabe identificar se a embalagem do produto não altera sua qualidade?



Você sabe identificar se a embalagem do produto não altera sua qualidade?

24/09/2018 - Segunda-Feira
Compartilhe:
Em uma era onde a busca por uma vida mais saudável está em alta, o consumo de alimentos mais benéficos e que tragam mais qualidade de vida vem crescendo entre a população

Hoje, as prateleiras são compostas por opções para quem busca os mais diversos estilos de alimentação. Mas, ao ingerirmos determinado produto, seja ele comprado no mercado ou em algum restaurante, nem imaginamos por todos os processos que ele passa até que chegue em nossas mãos.

O cuidado e a preocupação com a saúde do consumidor iniciam lá na produção das embalagens. Algumas tintas que compõem os layouts dos produtos podem causar danos à saúde, por isso a necessidade de se utilizar sempre tintas de baixa migração. Indicadas para a produção de embalagens para alimentos, elas evitam a transferência de componentes para a comida. “São tintas que possuem um controle específico em sua produção garantindo que a migração de componentes esteja dentro da limitação estipulada na norma regulamentadora”, comenta a diretora da CartonDruck, Ticiana Baumgarten.

A CartonDruck é uma das mais conhecidas indústrias gráficas da América Latina, com diversos clientes no ramo alimentício, e utiliza apenas tintas que oferecem mais segurança para o consumidor. “Todas as nossas tintas são isentas de metais pesados. O fornecimento de itens para aplicação na área alimentícia precisa estar de acordo com as regulamentações, por isso a importância de se procurar sempre por empresas que estejam enquadradas nas normativas locais, garantindo a saúde do consumidor, pois além do odor, o consumidor não possui outra forma de identificar se o produto é tóxico ou não”, comenta Ticiana.

As legislações que buscam garantir essa qualidade no fornecimento das embalagens são criadas pela ANVISA e também existem laudos em laboratórios com base na legislação de produto que confirmam a veracidade dos itens.

Fonte: Oficina das palavras





Compartilhe:




Comente