Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Cipatex investe em nova linha de produção para ampliar a capacidade fabril de adesivos



Cipatex investe em nova linha de produção para ampliar a capacidade fabril de adesivos

11/09/2018 - Terça-Feira
Compartilhe:
Um dos objetivos é aumentar a participação no segmento de embalagem, oferecendo produtos utilizados pela indústria alimentícia, farmacêutica e de cosméticos

A Cipatex®, líder em revestimentos sintéticos, anuncia investimento de R$ 1,5 mi e expansão da capacidade produtiva da unidade Adesivos, localizada em Cerquilho, interior de São Paulo. A aquisição de equipamentos de alta tecnologia e a modernização da estrutura física e logística visam triplicar a produção de adesivos Hot Melt para atender os segmentos de embalagem, gráfico, automotivo, moveleiro e calçadista.

De acordo com Paulo Henrique Alves, gerente da Cipatex® Adesivos, o objetivo do investimento é ampliar a participação da unidade no mercado e figurar entre as principais fornecedoras do país. “Oferecemos uma gama variada de soluções e tecnologias aos mercados, e um dos focos é aumentar a presença nestes segmentos ampliando cada vez mais a qualidade e eficiência de atendimento. Queremos estar sempre presentes e prontos, a cada momento que o cliente precisar.”

A unidade, que já lidera o mercado de adesivos Hot Melt para baterias automotivas, registrou acréscimo de aproximadamente 400% nos últimos três anos. “O crescimento dos negócios da unidade, as movimentações do mercado de adesivos industriais e a estrutura corporativa do Grupo Cipatex® foram determinantes para colocar em prática o plano de expansão das operações”, afirma o gerente.

Segundo Alves, a nova tecnologia empregada garantirá o aprimoramento do processo de produção, ganho de produtividade e materiais disponíveis para pronta entrega. “O Grupo Cipatex® tem DNA brasileiro, é uma organização familiar, mas tem estrutura de multinacional. Tais características permitem um atendimento diferenciado aos clientes, com flexibilidade de negociação e agilidade na entrega dos produtos”.

Fonte: Alfapress Comunicações





Compartilhe:




Comente