Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Dynafill é capaz de encher uma garrafa de cerveja em apenas 0,5 segundo



Dynafill é capaz de encher uma garrafa de cerveja em apenas 0,5 segundo

19/10/2017 - Quinta-Feira
Compartilhe:
Enchimento rápido e menos consumo de CO2

Dynafill é capaz de encher uma garrafa de cerveja em apenas 0,5 segundo

As exigências dos fabricantes para o envase de bebidas são altas: alcançar desempenhos cada vez mais elevados consumindo menos CO2 e, no entanto, mantendo uma ótima qualidade do processo – e tudo isso em um sistema resistente, projetado de forma ideal em termos de limpeza. Para o enchimento de cerveja, estes são precisamente os critérios desenvolvidos pela Krones com a nova Dynafill.

Esta enchedora possui algumas características valiosas, como reduzir o tempo do processo de envase em 50%, encurtar distâncias e substituir o que costumava ser duas unidades de máquina por uma somente. Como isso é realizado? A Dynafill executa o enchimento e o fechamento da garrafa em uma única unidade funcional, demandando apenas cinco segundos para isso. Pode-se afirmar com segurança que o conceito Dynafill está revolucionando o engarrafamento de cerveja.

A inovação mais impressionante está no processo de enchimento em si, que permite que a garrafa seja envasada com cerveja em apenas 0,5 segundo. Segundo Florian Habersetzer, da área de Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias de Processos da Krones AG, a matriz da empresa na Alemanha, a Dynafill oferece também grandes vantagens em termos de qualidade.

“O sistema permite que o enchimento seja realizado em uma atmosfera fechada e definida. A ausência de um gás de retorno durante o enchimento evita que o anel seja pressurizado com oxigênio. Além disso, não há nenhum canal aberto após o enchimento. Uma vez que o fechamento da garrafa ocorre em uma câmara selada, o oxigênio pick-up através do head space da garrafa pode ser minimizado”, explica Habersetzer.

O número de válvulas de enchimento da máquina foi reduzido de 100 para 66, e isso mantendo um rendimento de 36.000 recipientes por hora. O consumo de CO2 é 20% mais baixo do que com os sistemas convencionais. A Dynafill pode trabalhar com a bebida nos modos coldfill e warmfill (temperaturas de até 30°C) – a duração do processo, é claro, em ambos os casos, fica em menos de cinco segundos, sempre estável. O envase a quente também demanda menos válvulas de enchimento: 66 em vez de 120 (igualmente para 36.000 recipientes por hora).

Para conhecer um pouco mais a Dynafill, veja aqui um vídeo especial sobre a enchedora.

Fonte: Krones do Brasil



Saiba mais sobre a Krones do Brasil




Compartilhe:




Comente