Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Tendências em embalagens para café



Tendências em embalagens para café

30/05/2017 - Terça-Feira
Compartilhe:
A Bemis, uma das maiores fabricantes de embalagens do mundo, apresenta alguns hábitos dos apreciadores de café e tecnologias utilizadas nas embalagens para manter o sabor e as características de uma das bebidas mais consumidas no Brasil e no mundo

O café envasado a vácuo, assim como aqueles embalados com atmosfera modificada, oferece maior prazo de validade e melhor conservação das propriedades organolépticas, ou seja, que podem ser percebidas pelos sentidos humanos como cor, brilho, luz, odor, textura, som e sabor.

“Percebemos que existe hoje uma tendência no mercado de mudança das embalagens ‘almofada’ para formatos standpack. A Bemis tem uma linha de filmes que se adequa perfeitamente a este tipo de embalagem e acreditamos que esta migração facilitará a adoção de sistemas de refechamento de embalagem, que permitirão porcionamento no momento do uso e, também, a adoção de novos designs, que criam maior conexão com o consumifor”, afirma Antonio Ponce, gerente de Marketing de Produtos de Consumo da Bemis.

Atualmente, o mercado de café em cápsulas está sendo impulsionado pela necessidade do consumidor ter a experiência do consumo do café expresso em sua casa. O consumidor busca indulgência e experiência. O mercado de cápuslas está crescento dois dígitos consistentemente, e as marcas têm explorado tipos especiais e gourmets da bebida, aumentando as opções disponíveis no mercado.

O levantamento “Coffee Global Anual Review”, realizado em janeiro de 2017 pela Mintel, agência global de Inteligência de Mercado, mostrou que o público jovem prefere bebidas personalizadas: na parte da manhã os jovens buscam um café "de alta energia" e, à tarde, uma opção da bebida com menos cafeína. A pesquisa também apontou que 71% dos brasileiros querem mais opções de cafés premium e de alta qualidade.

Outra tendência é o desenvolvimento de embalagens “on the go”, que possibilitam o consumo imediato do café e concorrem com o café fresco das cafeterias.

Fonte: Estratégia Ketchum





Compartilhe:




Comente