Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Notícias > Fabio Mestriner destaca a importância das embalagens na hora da compra



Fabio Mestriner destaca a importância das embalagens na hora da compra

27/04/2012 - Sexta-Feira
Compartilhe:
Encerrando o ciclo de palestras do dia 25 de abril do 1º Congresso de Embalagem de Aço, o professor da ESPM, Fabio Mestriner, falou da importância de uma boa embalagem

Ele abriu sua apresentação mostrando que as embalagens evoluíram para atender as necessidades e anseios da sociedade.

De acordo com o especialista, as embalagens existem desde quando éramos nômades e precisávamos embrulhar nossos pertences. Elas passaram pela evolução agrícola, com o uso de vasos para estocagem de colheitas, e podem ser vistas até em obras de arte, como, por exemplo, os sarcófagos egípcios, feitos de lâminas de papiros e linho intercalados com gomas que conservam as múmias até hoje.

Conforme a sociedade foi evoluindo, explicou Mestriner, surgiram novas necessidades, como os barris de madeira usados nas grandes navegações. Esta foi a primeira embalagem com projeto cientifico. Cada parte da estrutura foi criada para conservar água, vinho, farinha, biscoitos, carne salgada, azeitona e pólvora usadas.

Uma das primeiras embalagens de lata a ganhar mercado e se popularizar, segundo Mestriner, foi a lata de sardinha. Com a falta de geladeira na época, havia uma grande dificuldade em levar o peixe para o consumidor. Foi a lata que permitiu o consumo de pescados em grande escala. Com a revolução industrial, apareceu uma nova necessidade, deixar os produtos mais atraentes e vendáveis. Mais uma vez a lata entrou em cena para resolver a demanda.

Depois desse breve histórico de como as latas saíram dos pequenos armazéns, que vendiam alimentos a granel, para os produtos finalizados, Mestriner destacou a importância da embalagem. Na maioria dos casos, é ela que decide a compra no ponto de venda, por ser atraente e chamar a atenção. “O consumidor não separa a embalagem do seu conteúdo. Para ele a embalagem e o conteúdo constituem uma única entidade. A embalagem interfere na percepção do consumidor positivamente ou negativamente”, explica Mestriner.

O especialista falou ainda da relação entre os produtos e a internet por meio das embalagens, grande tendência do mercado para os próximos anos. O site das marcas, por exemplo, é informado junto com o endereço da fábrica. O ideal é que fique em destaque, onde o cliente possa ver e tenha a curiosidade de acessar o endereço virtual do produto. “Esta estratégia pode aproximar o consumidor do produto”, afirma Mestriner.

Finalizando a palestra, Mestriner explicou que a embalagem é fundamental no marketing 3.0, afinal a maioria dos produtos não têm campanha de lançamento, por isso cabe a embalagem a missão de ser atrativa para o consumidor e as empresas precisam investir nessa área para ter um maior retorno em suas vendas.

O 1º Congresso de Embalagem de Aço foi realizado durante a Expo Embala SP, em São Paulo, e fez parte das atividades da Vila do Aço, espaço organizado pela Abeaço reuniu as principais empresas do setor. Foi uma oportunidade para as associadas apresentarem seus produtos e os principais estudiosos e representantes do segmento trocarem ideias sobre as melhores práticas no setor de embalagens de aço.


Fonte: Press à Porter



Saiba mais sobre a ABEAÇO




Compartilhe:




Comente